O novo e temido feed cronológico do Instagram

Novos Feeds do Instagram

Resumo do artigo:

Compartilhe este artigo

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Afinal, o que é e, como vai ser este novo feed cronológico do Instagram?

Se você quer entender isso e como essa mudança pode ajudar ou atrapalhar sua estratégia para captar pacientes, fique aqui comigo até o final.

Sim, o temido feed cronológico está de volta no Instagram e, antes de explicar as mudanças deste feed e como será o “novo Instagram”, é importante relembrar porque o feed deixou de ser cronológico.

O ano é 2016, o Instagram constata que cerca de 80% das pessoas, não consegue consumir 80% do conteúdo publicado diariamente.

A saída então, é aderir ao feed organizado por algoritmo, movimento que a rede mãe, o Facebook, havia feito há algum tempo e estava funcionando muito bem.

O fato de não ser mais cronológico e ser via algoritmo, fez com que o Instagram mudasse por completo.

Agora, toda vez que você abre seu Instagram, você tem a sua disposição, o que você gosta de consumir ou melhor, o que o algoritmo entende que você gosta de consumir naquele momento.

Eu já fiz um outro post explicando sobre o algoritmo do feed do Instagram – está aqui –.

Bom, a verdade é que em 2021, Adam Mosseri, chefe do Instagram, já havia dito que eles estavam trabalhando em um feed cronológico e ele chegou.

O ressurgimento do feed cronológico:

No dia 05 de janeiro de 2022, Adam publicou em seu Instagram, um vídeo falando sobre os três novos feeds do Instagram.

A novidade chegará para todas as contas em pouco tempo mas, é importante entender que não há um cronograma exato de quando mudará para você.

Recebi relatos de pessoas que já estão com o feed assim, desde o final de dezembro de 2021. Ou seja, se não chegar agora, em algum momento chegará. Paciência Iracema.

O plano de fundo desta mudança dos feeds, veio com a ideia de que o Instagram quer permitir que os usuários customizem cada vez mais a forma como eles consomem conteúdo dentro da rede.

Obviamente que isso vai impactar no tempo de consumo e no lucro obtido através dos anúncios.

Vou comentar tudo detalhadamente para você, mas antes, vou apresentar os três novos feeds do Instagram, fique comigo até o final doutor, tenho certeza de que sairá daqui com muita informação relevante.

Os três novos feeds do Instagram serão:

  • Home,
  • Following e
  • Favorites:

FEED HOME:

O feed HOME é basicamente o feed como vemos atualmente, a ordem é coordenada via algoritmo mas, o ponto forte é que cada vez mais, o Instagram passará a exibir mais conteúdo de contas que você não segue mas, que possivelmente, pode ter interesse em curtir e seguir.

E essa é uma notícia e tanto, vamos falar sobre ela daqui a pouco.

FEED FAVORITES:

O segundo feed será chamado de Favorites ou no bom português, Favoritos.

Uma espécie de lista de melhores amigos ou contas favoritas que, não me entenda mal, serão coisas diferentes.

Uma coisa será seu feed de favoritos e outra sua lista de melhores amigos (com foco nos stories).

Ali, você poderá ver somente aquele conteúdo de contas que você segue e que realmente se interessa!

Atenção total aqui porque isso pode mudar seu jogo por completo, para o bem ou para o mal.

FEED FOLLOWING:

O último feed é o following, ou seja, o feed feito somente por contas que você segue mas, com uma novidade extremamente importante é que este feed será cronológico, ou seja, conteúdos mais recentes aparecem primeiro. Ou seja, aqui, não existe algoritmo criando a ordem.

Uma análise sobre o impacto destes novos feeds:

Bem, agora que você já conhece os três novos feeds do Instagram, vamos conversar sobre como cada um vai impactar 

Vou fazer uma análise das mudanças com foco no médico que queira utilizar seu Instagram para se posicionar e captar mais pacientes, ok?

Vamos entender o seguinte: o Instagram já disse abertamente que concorre diretamente com TikTok e Youtube, e então, precisa correr atrás dessas duas redes que crescem cada dia mais.

Embora o Instagram seja uma grande rede, é inegável que está cada vez mais complicado ter alcance, visibilidade e bons resultados no orgânico, ao contrário das duas redes citadas anteriormente.

Em um primeiro momento, pensei que a criação de 3 feeds pudesse mais atrapalhar do que ajudar mas, pensando bem, cheguei na seguinte conclusão.

Atualmente, temos um único feed, regido pelo algoritmo e, dentro dele, vamos ter visibilidade se nosso conteúdo tiver interações.

O conteúdo é bom? Tem interações? Pessoas curtem, compartilham, comentam, clicam? Se sim, o algoritmo entende que aquilo é relevante para aquela pessoa e, consequentemente, ele exibe este conteúdo no feed dela.

Isso se mantém mas, de uma outra forma bem mais interessante.

Agora, a possibilidade do feed HOME exibir cada vez mais contas que você não segue mas, que pode se interessar pelo conteúdo, permite que essas contas tenham maior visibilidade – leia-se alcance – e que provavelmente vai gerar uma chance maior de atrair novos seguidores, sem depender de anúncios.

O que é uma ótima estratégia da rede para “ajudar” as contas de modo geral e, uma ótima vitrine para você, já que agora, além do explorar, você poderá aparecer no feed HOME, além dos outros dois feeds.

Fato é, seu perfil precisa produzir conteúdo cada vez mais nichado dentro da sua especialidade ou subespecialidade e, olhar cada vez mais para aquilo que as pessoas querem consumir e esperam de você.

Caso contrário, você estará fadado a querer falar com todo mundo e não falar com ninguém de fato.

Vale lembrar que, o algoritmo do explorar funciona da seguinte forma:

Se uma pessoa está em busca de um endócrino e, consome vários posts de um determinado perfil de endócrino, o explorar começa a exibir para ela, posts que outras pessoas, que também seguem aquele endócrino também curtiram ou que tenham interesse.

Ou seja, você sempre dependerá da matemática: 

Qualidade do conteúdo + Qualidade do seguidor + Nicho do seu conteúdo.

Imagine como isso pode ser poderoso dentro do feed HOME.

Outra questão importante é o feed FAVORITOS.

Nem preciso dizer que, a nova corrida do ouro é conseguir ser adicionar no feed favorito dos seus seguidores e pacientes, concorda?

Porque ali sim é uma forma garantida de que você aparecerá.

Embora o feed de following seja cronológico, eu não acredito que a efetividade dele será maior do que a dos favoritos. 

Uma por conta do volume de conteúdo produzido VS. o tempo que as pessoas ficam disponíveis para consumir este conteúdo e, outra, por conta de que o feed de favoritos será muito mais seleto, intimista e vai se moldando à medida que a pessoa vive novas experiências em sua vida.

Os favoritos de 2021, provavelmente não serão os favoritos de 2022.

Ou seja, comece a entender que, em algum momento, você terá que fazer ações do tipo:

Se você gosta do meu conteúdo, me adicione na sua lista de favoritos, seja na sua legenda, nos seus stories ou, até mesmo no seu consultório.

O fato é que 2022 será ainda mais concorrido dentro do Instagram e você  tem que se organizar para que essas mudanças sejam positivas e não negativas.

Conte comigo para te ajudar durante sua jornada, seja aqui ou em outras redes sociais.

Deixe seu comentário:

Gostou deste artigo?

Faça parte da minha newsletter semanal e recebe minhas novidades em primeira mão

Você provavelmente vai gostar destes artigos também:

Quer começar ou dar ritmo para seu Instagram?

Conheça meu Manual do Instagram de Sucesso