fbpx

Como funciona o algoritmo do Explorar do Instagram

explorar do instagram

Resumo do artigo:

Como é que seu conteúdo vai parar ou vai sumir do explorar do instagram e o que o Instagram não vai exibir no explorar, é o que vou explicar para você neste artigo.

Compartilhe este artigo

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Se você ainda não viu, já fiz outros 2 artigo e vídeos falando sobre algoritmo, sobre como crescer no Instagram usando feed e stories, tudo baseado no artigo do Head do Instagram, Adam Mosseri.

Leia o artigo na íntegra ou veja o vídeo abaixo:

https://www.youtube.com/watch?v=sCsBMv_9k90

Explorar do Instagram, o local onde a maior parte do conteúdo que você irá visualizar é de contas que você não segue, ou seja, um verdadeiro local para descoberta de novas contas, criadores e conteúdos.

Vale lembrar que cada EXPLORAR é único, feito de forma customizada para cada conta e para aquele momento específico da conta.

Ou seja, se você mudar o perfil de consumo de conteúdo, seu explorar vai acompanhar seu novo perfil.

O que o Instagram analisa para compor seu explorar?

Posts que você curtiu, salvou ou comentou no passado.

O artigo ainda deu este exemplo:

Suponhamos que recentemente você curtiu várias fotos de uma determinada chef de bolinhos de São Francisco,

O Instagram vai olhar para as curtidas e interações de outras pessoas que também curtiram os posts da chef Cathy e entender o que há em comum entre essas contas e a sua.

Ele faz isso para oferecer mais conteúdo relacionado ao conteúdo da chef, como também usar seu perfil e consumo como base para oferecer o conteúdo da chef para outras pessoas que possam gostar disso também.

E então, fazendo essas correlações, o Instagram busca entender a probabilidade de quem gostou do conteúdo da Cathy, também gostar do conteúdo de João. Em especial, se as pessoas são da mesma região ou estão na mesma região.

Lembrando que um dos pontos para fazer essa correlação é o perfil de consumo de cada perfil.

A partir daí, quando a pessoa acessar o explorar, ela vai ver o conteúdo daquele perfil que ela curtiu e de outros perfis semelhantes que o algoritmo entende que façam sentido.

Na prática, vou mostrar algo que realmente aconteceu comigo:

Há alguns dias atrás, estava vendo o explorar, e cliquei em um vídeo do Cristiano Ronaldo (não, não o da coca…um dele jogando mesmo), na sequência, veio um vídeo dos últimos três minutos da final Brasil Vs. Alemanha, em 2002, onde fomos pentacampeões mundiais.

Este vídeo me emocionou, curti e salvei.

No dia seguinte, ao abrir o explorar, eu já estava recebendo mais conteúdo do perfil que fez esta publicação, e em múltiplos lugares do meu explorar, haviam outros vídeos de futebol, entrevistando jogadores da seleção brasileira.

Entendeu o funcionamento?

O algoritmo usa como base sua ação para trazer mais conteúdo deste gênero. E a partir daí, usa seu perfil de consumo para prever qual a probabilidade de você gostar de determinado conteúdo.

Ou seja, aqui, fica o insight de que sorteios, compra de seguidores, além de prejudicar muito seu engajamento, pode fazer com que o público que acaba de chegar no seu perfil, acabe sujando essa função do algoritmo.

Uma vez que ele utiliza o histórico de consumo do meu seguidor para poder oferecer meu conteúdo para pessoas de perfil semelhante.

Vale lembrar que a forma que o Instagram usa para sugerir um conteúdo no explorar, é a probabilidade de você executar alguma ação. Seja clicar, curtir, comentar, visitar o perfil, enfim, tirar você do consumo passivo e transformar aquele momento em consumo ativo.

E aqui, entramos nos famosos sinais que o Instagram avalia para ranquear o explorar

Informações sobre a publicação:

Popularidade da publicação ou que aparenta ser, a partir do ponto de vista de, quão rápido as pessoas estão curtindo, comentando, compartilhando ou salvando o post. 

Estes sinais pesam muito mais para explorar do que para o feed ou stories.

Se o algoritmo diz que a velocidade das curtidas, comentários, compartilhamentos e salvar importam para aparecer no explorar, logo, é importante avaliar qual horário existe mais seguidores online para que seu conteúdo seja publicado.

Você pode avaliar isso olhando nos insights do seu perfil ou então, indo até os stories, arrastando para o lado, como se você fosse fazer uma live. Ali aparecerá quantas pessoas estão online naquele instante.

O ideal é que você faça uma análise para entender os dias e horários de maior volume de seguidores online, se o seu objetivo é aparecer no explorar.

Outro sinal que o algoritmo avalia:

Seu histórico de interação com quem publicou:

Existe uma análise do histórico de publicações de pessoas que você não conhece mas que de alguma forma você já interagiu com este conteúdo ou teve acesso a este conteúdo.

Ou seja, o que dá para entender aqui é o seguinte, se o conteúdo de uma conta que provavelmente você pode se interessar, ou seja, de uma categoria que você talvez tenha interesse, se ela aparecer para você algumas vezes no explorar e você não clica, provavelmente ela deixará de aparecer no futuro.

O simples fato de clicar, vai ser entendido como interação e garantirá para o algoritmo o entendimento de que você tem interesse naquele conteúdo, pelo menos para o explorar.

Sua atividade:

Este é bem simples de entender, o algoritmo analisa os posts que você curtiu, salvou, comentou e como você interagiu no passado para poder oferecer mais desta conta ou desta categoria para você.

E então o último sinal analisado. 

Informações sobre a pessoa que publicou:

Também sem novidades por aqui, é bem parecido com o que já expliquei sobre feed e stories, são sinais que avaliam quantas vezes você interagiu com a pessoa no passado, em especial nas últimas semanas.

Isso ajuda o algoritmo a determinar quais contas vão aparecer no seu explorar.

Daí então vamos para um ponto que é bem interessante.

O artigo de Adam Mosseri diz que você não segue a maior parte das pessoas que aparecem para você no explorar e essa é a base do explorar.

Lá no explorar, o conteúdo que vai aparecer para você é um conteúdo que tem a ver com seu perfil de consumo e interesse, logo, ele é construído para fazer com que você passe um tempo ali e revisite várias vezes ao longo do tempo.

Se por acaso você visualizar um conteúdo que você não goste ou achar algo ofensivo no explorar e ele foi publicado por um amigo seu, segundo o Instagram, isso é entre você e seu amigo.

Mas, se o conteúdo é de uma conta que você não conhece, aí é uma situação totalmente diferente, porque você pode clicar e ir na publicação, nos três pontinhos no canto superior direito e selecionar que não quer ver isso.

A base do explorar é feita para que você veja conteúdo que se interessa e queira consumir. 

Segundo o próprio Instagram, eles analisam o contexto da publicação para definir se ela será indicada ou não, de acordo com as regras de recomendações.

Por exemplo, eles não vão exibir no explorar conteúdo de pessoas fumando. 

Ou seja, tecnicamente, se o seu post mostra uma pessoa fumando, as chances são de que o Instagram não recomende seu conteúdo para outras pessoas, ou até que diminua seu alcance naquela publicação específica.

Estes são os pontos principais de como o algoritmo do Instagram indica seu conteúdo no explorar.

Vale lembrar que a rede é quem dita as regras e toda vez que você sai fora do que eles consideram correto ou que esteja de acordo com as regras, há uma punição de não exibir seu conteúdo no explorar.

Não deixa claro se isso também se aplica à queda do alcance das publicações mas, na dúvida, é sempre bom evitar.

Caso tenha alguma dúvida, envie nos comentários, vai ser um prazer responder você.

smartdoctors
https://thiagomartins.org/instagram-fast-track

Quer aprender como usar 100% do potencial do Instagram para captar os melhores pacientes? Conheça meu curso Instagram Fast Track, você vai se surpreender com o resultado!

Deixe seu comentário:

Gostou deste artigo?

Faça parte da minha newsletter semanal e recebe minhas novidades em primeira mão

Você provavelmente vai gostar destes artigos também:

Quer começar ou dar ritmo para seu Instagram?

Conheça meu Manual do Instagram de Sucesso